Av. General Carneiro, 2.084 - Sorocaba-SP 15 2104-5001 15 3227-1866 15 99605-6929 15 3321-1553

Novidades

planta de casa com telhas

CONSTRUÇÃO A SECO: REDUÇÃO DE TEMPO, CUSTO E RESÍDUOS

A construção a seco, novo método de construção que une perfis de aço galvanizado (Steel Frame) ou de madeira (Wood Frame) com painéis de gesso acartonado, lã de rocha e placas cimentícias, reduz o tempo de entrega da obra, custos e resíduos porque dispensa o uso de cimento, tijolos e armações convencionais.

Por serem estruturas leves, os custos com fundações podem ser reduzidos em até 30% e o tempo de entrega da obra é até 40% mais rápido.

Apesar de serem estruturas leves, os materiais oferecem alta resistência e durabilidade. Os produtos atendem a padrões internacionais e a rígidos controles de qualidade, ao contrário dos tijolos, que muitas vezes, não apresentam certificação ou qualquer garantia para o consumidor. Outras vantagens que a Construção a Seco oferece é o conforto térmico e acústico e a possibilidade de acoplar à estrutura metálica, antes da vedação, a instalação elétrica, hidráulica e telefônica, evitando o retrabalho e desperdício de material ao ter que quebrar a parede pronta para passar fios.



O steel frame é um sistema construtivo sustentável
que garante diversos benefícios. Saiba quais são eles!

Uma tecnologia no mercado de construção tem feito a cabeça dos consumidores por tornar a obra mais rápida, simples, leve, limpa e seca. De origem americana, osteel frame é um sistema construtivo sustentável. Em um projeto feito com esse processo, não são utilizados tijolos ou cimentos e o aço galvanizado aparece como o principal material estrutural.


Etapas do sistema

No início do processo do steel frame, monta-se uma laje em concreto armado (cujas estruturas são feitas com telas de aço). Nesse momento, os sistemas elétricos e hidráulicos da casa já são instalados. A montagem da casa é feita por meio de perfis de aço estruturais galvanizados, que são parafusados uns aos outros, formando um esqueleto rígido. Na fase seguinte, são instaladas chapas cimentícias, painéis de madeira OSB (Oriented Strand Board ou Painel de Tiras de Madeira Orientadas – derivado da madeira que é resistente e ecologicamente correto) e chapas de gesso acartonado – todos eles pré-fabricados e utilizados em construções secas.

O processo de isolamento acústico também é realizado nesse momento, com a instalação de componentes específicos para a obra. Na etapa final, podem ser aplicados quaisquer revestimentos e acabamentos utilizados em uma construção convencional.


Vantagem é o que não falta!

  • Obra sustentável: economia de 70% no consumo de água, aço 100% reciclável e madeira de manejo ecologicamente correta;
  • Construção leve e resistente: baixo investimento no alicerce da construção;
  • Ótimo desempenho acústico;
  • Garantia de até 30 anos concedida pelos fabricantes;
  • Ampliação do espaço interno da edificação em até 4% de área útil;
  • Rapidez na obra: se comparado com outros métodos construtivos, o tempo de obra do steel frame é reduzido, dados os processos mais simples.

Diferenças entre o drywall e o steel frame

Ambos os sistemas fazem parte da categoria de construção seca, que surgiu nos EUA, em 1830, devido à alta demanda de construção de casas resultante do rápido crescimento da população. O drywall, que começou a ser utilizado no Brasil na década de 90, é uma parede pronta, feita de chapas de gesso parafusadas em estruturas de aço galvanizado. Trata-se, basicamente, de um sistema de fechamento interno. O steel frame, por sua vez, é um sistema completo de construção, com formação de um esqueleto estrutural, e teve ascensão nos EUA por volta de 1940.